Por Graziele Souza

Alunos do Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações, localizado na cidade de Santa Rita do Sapucaí (MG), estão promovendo um financiamento coletivo online com o objetivo de desenvolver uma programação que estimule a cultura empreendedora entre jovens e adolescentes. A ação será desenvolvida em uma escola pública do município.

A ideia surgiu do grupo “Sigam-me os bons”, formado com o intuito de melhorar a interação entre calouros e veteranos no “rito de entrada”. A partir das atividades do grupo, foi identificada a oportunidade de expandir essa troca de experiências, deixando de ser algo institucional para beneficiar crianças da rede pública. E para ajudar com os custos dessa iniciativa, os próprios alunos criaram uma campanha de arrecadação online, com valores que variam entre R$ 10,00 e R$ 500,00.

O projeto utiliza a metodologia “Startup Z”, que expõe crianças e jovens a desafios ou problemas, incentivando a capacidade de criar coisas novas. A programação é feita em uma escola da rede pública de ensino em um bairro periférico da cidade. Os alunos da Inatel, que também são monitores, separam os alunos em grupos e durante o dia todo trabalham com dinâmicas de soluções dos desafios.

O projeto “Sigam-me os bons” pretende colaborar com o desenvolvimento de 400 crianças, através dos desafios que serão lançados aos grupos. Os temas são retirados dos objetivos da ONU – Organização das Nações Unidas, conhecido como Global Goals, que consiste em 17 objetivos de interesse global que, se praticados, em alguns anos poderão ajudar a conquistar 3 metas para o desenvolvimento sustentável do mundo: erradicar a pobreza extrema, combater a desigualdade e a injustiça e corrigir as mudanças climáticas.

O site da campanha de financiamento traz mais informações sobre o projeto, o valor que precisa alcançar e quais são as recompensas para os benfeitores. Há diferentes valores para a doação e a data para encerrar o financiamento é 16/03/2017.

Mais informações e para contribuir com o projeto “Sigam-me os bons”, acesse aqui.